O que mais se repete nos dias de hoje é a visão de que TI é feita de homens. Tudo se trata do “cara”, esse termo é praticamente um termo fixo.

Certa vez um palestrante muito bem sucedido na área veio na minha faculdade contar sobre sua carreira. Disse que em algum momento resolveu desistir da empresa que estava trabalhando, e que ele mesmo teria que contratar outra pessoa para ocupar o lugar dele.

Foram 2 horas de palestra ouvindo ele falar sem parar, coisas do tipo:

“Então, aí eu tenho que achar OUTRO CARA pra minha vaga.”

“O mínimo que eu espero é que O CARA seja bom né?”

“Recebi vários currículos e tenho que avaliar o nível DOS CARAS um por um.”

“Se sou eu que tenho que arrumar UM CARA pra me substituir, então que as qualificações DELE sejam suficientes pra manter o nível do trabalho que eu estava fazendo lá.”

E por aí vai… Todas as expressões da palestra dele sendo dessa forma machista.

Infelizmente eu não tive coragem, e me arrependo muito, mas gostaria de ter perguntado se em nenhum momento ele considerou que não seria UM CARA quem iria substituí-lo, mas sim, uma MULHER…

cmnjclbwcaa0wvs

O machismo também mora nos detalhes


Mais um exemplo (por Alline Oliveira):

Uma vez eu também resolvi ir dar um apoio para uma aula de Linux em um evento de mulheres.

Cheguei na aula, vi aquele bando de garotas lindas todas de 20 e poucos anos, animadas, energizadas, falando pra caramba uma com as outras, bem felizes de estarem ali. Lembro que aquela imagem me fez super bem…

Mas aí eu, no topo dos meus 40 anos, já levantei minha voz cheia de marra e perguntei:
 ” E aí galera!!! Esse professor chega ou não chega pra essa aula, hein?!?”

Foi quando, para a maior surpresa de toda a minha vida profissional, uma GAROTA LINDA, de apenas VINTE ANINHOS, levanta a mão toda humildezinha e me diz lindamente com a voz baixa e serena:
” EU sou a professora…”

Eu levei O MAIOR SUSTO DO MUNDO! Foi como se eu tivesse levado um tapa enorme na minha cara naquele momento! Em 20 anos de carreira eu nunca que tinha visto uma única professora de Linux sequer na minha frente!!! Que incrível aquela cena!!!

Não me aguentei de tanta emoção. Corri pra dar um abraço bem apertado naquela menina tão deslumbrante e incrível! Chorei igual a uma criança. Que dia mais feliz, minha gente! Quanto orgulho que eu tenho dessa nova geração!

Anúncios