6:25 PM – Amigo do João:
Maria, na boa, porque você não oferece uma proposta ao João e vocês se acertam ? Assim já resolve isso de uma vez, eu intermedio vocês

6:31 PM – Maria:
Eu gostaria muito q você intermediasse mesmo. Nós três queremos o melhor pra todos. Então me diga uma coisa, porque eu tenho que oferecer qualquer tipo de proposta para ele? Eu não compreendo o que eu tenho a ver com um problema que é dele… 

6:36 PM – Amigo do João:
Acho o seguinte, para um sair é necessário alguma variável de negociação, concorda? Ofereça uma proposta a ele, não é nada sem solução,  

6:52 PM – Maria:
Eu não quero nada dele, por isso não entendo o q eu tenho q propor…  talvez voce consiga entender isso 

6:59 PM – Amigo do João:
Certo, assim, ate onde sei aqui no Brasil é tudo burocrático, ate você regularizar tudo…. eu sinceramente não vejo vantagem nisso,  não estou de lado algum só quero ajudar a resolver,  precisamos ceder um pouco

7:02 PM – Maria:
Sem ouvir não adianta ficar repetindo a mesma ladainha, entende? Eu estou aqui  tentando te falar, Eu não quero nada do João, por isso não entendo o q eu tenho q propor. Eu não vejo o menor problema em regularizar tudo eu mesma. Eu sei q é totalmente possível sim. Eu não tenho nada a ver com os problemas que são dele…

7:11 PM – Amigo do João:
Pense em alguma proposta para fazer a ele, quando pensar estarei aqui, a relação de vocês esta desgastada. Assim, você não esta querendo negociar

7:14 PM – Maria:
Então você quer que eu faça uma proposta obrigada?  Afinal qual é a proposta de vcs?  Se eu não disser exatamente o que vocês querem então eu que estou errada? Assim não dá … vamos ouvir um ao outro

7:23 PM – Amigo do João:
Seguinte, ele não vai sair sem nada, vamos trabalhar com a realidade, porque não oferta a ele 30% ? só a porcentagem. Seria o mais viável para ambos. Se você não visse oportunidade, ja teria abandonado o barco.

7:24 PM – Maria:
Viável para mim? Ele quer somente 30% do prejuízo?? Sem chance, o prejuízo é de nós dois. Eu não abandono as coisas no meio do caminho, temos contratos a terminar. É uma irresponsabilidade absurda não cumprir esses contratos. Vcs tem q entender a gravidade disso

7:26 PM – Amigo do João:
Não há negociação então ? Nem se eu chegar p ele é ver se ele aceita 20% da empresa?  Voce nao quer regularizar tudo e poder operacionar apos um ano pela burocracia ? isso não é vantajoso a ti ?  oque você quer é inviável.  

7:28 PM – Maria:
Lógico q há negociação. Ele tem que assumir 50% das multas contratuais ou ir trabalhar. Ele sabe disso. E Não, meu querido. Isso não é vantajoso pra mim.  Vc ouve? Existem tantas outras possibilidades, provavelmente eu posso me associar com outra empresa já consolidada por exemplo, eu tenho mil outras formas de resolver o problema eu mesma.

8:06 PM – Amigo do João:
Eu sei que ele pecou, mas se não fosse vantajoso você não estaria investindo seu tempo ainda nisso, acredito que assim como eu, você não da pontos sem nó, você vê alguma forma de resolvermos isso ? Porque assim, sem nada ele não vai sair

8:08 PM – Maria:
Ele quer sair sem pagar o prejuízo que ele causou? É isso que vc esta tentando negociar comigo? Se quiser sair, só sair. Paga 50% das multas e vaza. Eu não vou assumir nem 1% do prejuizo que é dele. Não está claro ainda isso??  

8:08 PM – Amigo do João:
20 % entao nao tem como? sem ele jamais estaríamos tendo essa conversa. Você ganhara mais sem ter que pagar nada a ele. Você fica com o resto e todo mundo ganha. vejo o quão dedicada, entendo que ele te decepcionou, mas eu sei que se não visse futuro, somente esperaria o contrato acabar, você sabe que ele não vai sair sem nada

8:09 PM – Maria:
Vocês estão loucos… Só teremos multas a pagar. Por favor me ouça. Eu vou sair assim que os contratos acabarem.  Eu não vou abandonar antes porque eu assinei tambem, tenho uma nome a zelar no mercado, farei tudo sozinha até o fim, mesmo nao lucrando nada. Não quero te ofender. Mas você vai ter q engolir os meus princípios. É isso q eu tô tentando te dizer.

8:15 PM – Amigo do João:
Entendi, admiro muito sua força de vontade e foco, mas não há como chegarmos a um ótimo então ? O problema eh que na sociedade são vocês 2, estou tentando resolver a situação entre vocês, se der merda no contrato dará para todos.

8:19 PM – Maria:
Não estou tentando te ofender, mas estou tentando te explicar e vc esta me ignorando. O João quer sair, então ele tem q pagar pra isso. Há multas. Posso até negociar, Mas não quero nem as cotas , nem nada dele.

8:33 PM – Amigo do João:
Então porque você não procura uma pessoa para assumir o lugar dele na empresa? Sabe, imagino como esta seu sentimentos com relação a ele, mas eu não vejo outra forma de ir p frente

8:34 PM – Maria:
Pq ELE não procura alguém pra assumir o trabalho? Porque eu que tenho que resolver a merda que ele criou? Eu to aqui tocando minha parte sem problemas e as coisas estao andando bem. Eu não tenho sentimento nenhum com relação a ele. Isso é sensacionalismo de vocês. O negócio é q eu não tenho q resolver um problema q é dele. Será q vc ouve isso?

8:35 PM – Amigo do João:
Se ele arrumar uma pessoa que você concorde, claro, você aceita a proposta ? Estou te propondo soluções para resolver o problema.  Há possibilidade essa proposta que te fiz ? Se sim ja falo com ele agora

8:37 PM – Maria:
Proposta SUA????????? Lógico… É o q eu sempre falei.  Se ele fizer o trabalho ou arrumar outro que faça, então ótimo!!! Isso é um problema dele. Eu mesma já falei isso mil vezes. Mas ele não me ouve, logico.

8:38 PM – Amigo do João:
E ai entao ele pode ficar com 20%? Passarei a proposta ao mesmo

8:40 PM – Maria:
Ele faz sempre o q ele quiser. O que não vai acontecer é eu me responsabilizar nem por 1% do prejuízo q ele assumiu. A resposta continua sendo NAO. Seja inteligente, deixe dessa ilusão. A empresa só tem multas pra pagar.

8:43 PM – Amigo do João:
Ok, falarei com ele

Anúncios