Olha esse pedido de desculpa de um aluno de computação, após seu post anterior ter causado bastante polêmica entre os integrantes do grupo do departamento de Informática no Facebook:

post1

E olha as palavras dele, numa conversa privada que tivemos:

“Primeiramente gostaria de pedir desculpas e relatar que não tive a intenção de ofender ninguém, foi uma brincadeira de mal gosto que me arrependo, inclusive vai contra o meus pensamentos sobre as mulheres no mundo da T.I.”

“Tudo começou com uma brincadeira interna no WhatsApp, onde um integrante postou esta imagem e onde as pessoas levaram na brincadeira. Então houve a sugestão de um dos membros para quem postar no grupo do INF ganharia uma Coca-Cola e logo após houve um segundo comentário mencionando pagar duas Cocas. Porém eu pensei em compartilhar pensando na “zueira”, sem malícia ou que alguém poderia se ofender.

De início começou a ter comentários mostrando o lado negativo da postagem, alguns comentários que levaram na brincadeira e outros com pensamentos machistas. Mas com a recepção, eu vi o potencial ofensivo da publicação, e foi quando eu resolvi excluir e me redimir.

E então eu fiz outro post me redimindo e pedindo desculpas como você mesma viu.”

“Sinceramente eu esperava outra recepção, não foi meu intuito ofender ou gerar qualquer tipo de intimidação. Inclusive eu acredito que as mulheres têm grande importância para a área de TI, exercendo atividades às vezes igual ou superior aos homens. Tomou uma proporção que eu não esperava, de ambos os sentidos. “

“Tiveram dois comentários no WhatsApp relatando não achar graça na brincadeira, tanto que achei inofensiva a publicação no primeiro momento. Realmente achei que ninguém iria se ofender e iriam levar como uma brincadeira.”

São tantos os casos de surpresa dos homens com relação às reações de nós mulheres contra os posts machistas deles, que resolvi publicar esse relato (com a autorização do autor, obviamente) para mostrar o outro lado, a posição deles, e o que eles imaginaram quando resolveram publicar um post machista sem pensar muito no problema.

E também publicar esse exemplo maravilhoso de atitude, esse pedido de desculpas que muito nos orgulha e enobrece, vindo de um homem que entendeu o que fez e com certeza não mais repetirá seu ato, poupando as próximas gerações de exemplos tão patéticos e repugnantes.

Segue agora o post machista inicial, que causou a polêmica, para a avaliação pessoal própria de cada um de vocês. Espero que todos entendam que não existe “brincadeira” discriminatória inofensiva. Que é de uma porção diária de brincadeiras de criança repetitivas e incessantes que o feminicídio se alimenta no mundo.

16195375_10212313847266676_211635583322616311_n

Alguém poderia me mandar o contato desses caras que estimularam a palhaçada e apostaram as Coca-Colas como forma de incitação ao ódio? Gostaria de conversar com eles também, saber a opinião deles, e porque eles fazem esse tipo de apologia…

Esse departamento vem causando discussão machista já há um bom tempo. As mulheres de lá não aguentam mais tanta imaturidade generalizada.

Sem título.png

Sem título3.png

Sem título4.png

sem-titulo5

sem-titulo2

post1

sem-titulo2

sem-titulo2

sem-titulo

sem-titulo5

Estou tentando falar pessoalmente com alguns professores de lá, e com o chefe do departamento também. Eles precisam entender bem o que está acontecendo, como está repetitivo o problema do machismo lá dentro, e como alguns casos BEM MAIS GRAVES que este já chegaram até a mim, com pedido de ajuda e orientação.

Mulheres do INF, sejam fortes! Não desistam de seu curso e de suas convicções. Não percam sua dignidade. Por favor contem comigo para acabar de vez com esse problema que está sendo tão corriqueiro neste departamento. Estou aqui para ajudar. E VOU.


MISOGINOL, melhor remédio que eu já vi!! Preciso de 1 bilhão de frascos 😀
CURTAM ESSE VIDEO

Sem título.png
Anúncios